Acesse os dados do ecossistema mineiro de inovação

Acessar SIMI Database

InicialBlogNotíciasEmpreendedores investem em sol...

Empreendedores investem em soluções tecnológicas voltadas para redução dos gastos

Para fugir dos impactos negativos, empreendedores investem em soluções tecnológicas voltadas para a redução dos gastos e priorizando aquisições que resistam à atual situação do país.


Por BHTEC

O Brasil enfrenta um momento de indefinição política que impacta diretamente o cenário econômico do país, e os resultados dessa conjuntura afetam empresas de portes e setores variados. Para fugir dos impactos negativos, empreendedores investem em soluções tecnológicas voltadas para a redução dos gastos, otimizando os investimentos já realizados e priorizando aquisições que resistam à atual situação do país.

Seguindo na direção contrária da retração, algumas empresas investem em soluções que agreguem valor ao seu negócio, fortalecendo seu posicionamento diante dos concorrentes. Integrando competitividade e eficiência, a aquisição de tecnologias inovadoras pode revolucionar um modelo de negócio e expandir sua atuação, estabelecendo melhorias que vão muito além da crise. Segundo Bruno França Pádua, diretor executivo do IEBT, a diminuição do poder de compra causada pelo atual cenário faz com que os recursos clássicos percam espaço para aqueles que geram maior valor para o cliente.

“Neste tipo de cenário, quando soluções inovadoras competem com soluções tradicionais, elas tendem a ser mais bem recebidas, criando oportunidades para produtos e serviços diferenciados”, afirma. O IEBT está sediado no Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-TEC), e fornece assessoria em estratégia, gestão e inovação para empresas de base tecnológica, ajudando empreendedores a encontrar as melhores formas de fortalecer seu negócio.

“Em tempos de crise, é natural que as empresas reflitam sobre otimização de custos, e isso pode ser feito através da diversificação de mercado, agregação de valor aos produtos oferecidos ou internacionalização, uma vez que, com a queda do Real, ficamos mais competitivos em relação a outros países”, explica Bruno. Ponto fora da curva Números negativos e especulações características de crises econômicas acabam intensificando a busca por estratégias que ajudem as empresas a superar as dificuldades do mercado, colocando em evidência demandas que, muitas vezes, já existiam.

Encontrar oportunidades onde muitos só veem prejuízos, porém, não é tarefa fácil, e exige um planejamento que ultrapassa os limites dos períodos mais conturbados. Utilizar recursos inovadores para executar as atividades gerenciais, por exemplo, pode ser um passo importante na busca pela diferenciação, independentemente do cenário. Em tempos de crise, empresas que já atuam estrategicamente com produtos e serviços capazes de gerar mais eficácia em menor tempo tendem a superar um mercado em retração com mais facilidade. É o que defende Henrique Pereira, sócio-diretor da WayCarbon, consultoria ambiental também sediada no BH-TEC, que produz soluções tecnológicas para desafios relacionados à emissão de gases poluentes e mudanças climáticas.

Segundo Henrique, além de gerar impactos positivos para a sociedade, aderir a soluções tecnológicas para setores como o ambiental permite ao gestor potencializar seus ganhos em eficiência operacional, baseando-se em informações que não existiriam sem elas. “A tecnologia te ajuda a ter menos desperdício e a ser mais eficiente na hora de investir, aproveitando ao máximo a quantidade de recursos disponíveis, mesmo que ela seja baixa”, afirma.

Sem cortes Para desviar dos impactos negativos de uma crise e aproveitar o momento financeiro, outro caminho importante está no marketing. Fortalecer a identidade da empresa e potencializar investimentos em divulgação podem garantir um lugar privilegiado na preferência dos clientes, otimizando as ações e consolidando a posição da empresa no nicho em que atua.

Entre as empresas mineiras que inovaram no setor de marketing e mídia digital, a Supersonic se diferencia por fazer com que sites passem a vender mais, sem que, para isso, precisem aumentar seu número de visitas. “O uso inteligente da tecnologia para aumentar o retorno financeiro permite que empresas até reduzam sua verba, economizando ou redirecionando os investimentos para soluções mais produtivas”, afirma Rafael Damasceno, cofundador da empresa, que é a mais nova parceira não-residente do BH-TEC.

Fonte: BHTEC

Cesta De Compras