Acesse os dados do ecossistema mineiro de inovação

Acessar SIMI Database

InicialBlogNotíciasStartup desenvolve aparelho de...

Startup desenvolve aparelho de audição inovador

Com o apoio da Finep, por meio do programa Tecnova, a empresa recebeu investimentos de R$ 600 mil, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC).


Por FINEP

A WaveTech, startup de Florianópolis especializada em engenharia de saúde auditiva, desenvolveu um aparelho de audição com tecnologia nacional que busca tornar mais confortável a vida de pessoas que sofrem com esse tipo de deficiência e, ao mesmo tempo, fortalecer a indústria de fabricação desses equipamentos no País.

Os AASIs (Aparelhos de Amplificação Sonora Individuais) são dispositivos eletrônicos que captam os sons aumentando as ondas sonoras e as reproduzindo adaptadas ao grau de deficiência para cada usuário. Com o apoio da Finep, por meio do programa Tecnova, a empresa recebeu investimentos de R$ 600 mil, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC).

O projeto é pioneiro no mercado – trata-se do primeiro aparelho em que todos os componentes são integrados sem a utilização de fios, e o software utilizado pelo dispositivo é o primeiro brasileiro compatível com a plataforma utilizada pelos demais produtos da linha. Segundo Guillaume François Gilbert Barrault, um dos sócios da startup, o investimento da Finep foi fundamental para o cumprimento das etapas estratégicas do projeto, como a fabricação dos protótipos. ‘’Fizemos, ao todo, quatro protótipos, com o auxílio de tecnologias como impressoras 3D, e que foram essenciais para ajustar os detalhes e corrigir alguns erros.

Os modelos de teste permitem aperfeiçoar aos poucos o produto, até torná-lo fabricável’’, explica. O desenvolvimento de tecnologia nacional para a fabricação dos aparelhos auditivos é importante para tornar o Brasil mais competitivo nesse mercado. Atualmente, a cadeia de produção no País se limita basicamente à montagem, já que 90% dos componentes são importados.

Apesar de ainda não haver data para o início da fabricação, a expectativa da WaveTech é que o aparelho possa ser comercializado em curto prazo. ‘’Temos capacidade de produzir 10 mil unidades por mês’’, afirma Guillaume. Além do projeto subvencionado pela Finep, a startup trabalha em outros estudos importantes, como o desenvolvimento do primeiro chip brasileiro para próteses auditivas. Leia a matéria na íntegra na revista Inovação em Pauta.

Fonte: FINEP

Cesta De Compras