Acesse os dados do ecossistema mineiro de inovação

Acessar SIMI Database

InicialBlogNotíciasSustentabilidade e moda afro s...

Sustentabilidade e moda afro se destacam no SWFashionBH

Realizado pela primeira vez em BH, evento reuniu durante o fim de semana, dezenas de profissionais que trabalharam para inovar o setor de moda mineiro


Por Paula Isis/Simi

startuo weekend fashion

A capital mineira já se destaca no cenário da moda nacional há muitos anos, prova disso é a realização de um dos maiores eventos do setor, o Minas Trend Preview, que acontece anualmente na cidade. Mas será que o setor fashion mineiro tem inovado além das passarelas? Esse foi um dos questionamentos que impulsionou a comunidade local de startup a realizar, no último fim de semana, a primeira edição do Startup Weekend Fashion & Tech em Belo Horizonte.

Com o objetivo de levar habilidades sobre empreendedorismo, inovação e tecnologia às cadeias da moda -da passarela à fábrica de tecidos-, entusiastas do universo fashion se reuniram durante os dias 13, 14 e 15 de maio, no espaço Centro & Quatro, para desenvolver ideias que prometem revolucionar o mercado da moda mineiro.

“O evento está trazendo empreendedorismo e tecnologia para evoluir a cadeia de valor da moda da nossa região”, afirma André Vasconcelos, da organização do evento. Ainda segundo André, o ecossistema local de startups tem muito a ganhar com o pessoal da moda. “É uma contrapartida. Quando você traz setores diferenciados, você fortalece o ecossistema”.

Durante 54 horas interruptas, 15 equipes trabalharam incansavelmente em seus projetos, realizaram pesquisas de mercado, para que, finalmente, as ideias ganhassem forma e protótipos fossem apresentados aos jurados, durante pitches de 3 minutos no domingo, 15. No júri estava o Assessor de Ecossistemas de Startups da Presidência da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), Fábio Veras e a jornalista de moda, Natália Dornellas.

startup weekend fashion

Ideias que brilham
Após análise dos jurados, os fashionistas estavam ansiosos para saber quais equipes seriam as vencedoras da primeira edição da SWFashionBH. Com foco na sustentabilidade, visando o combate ao desperdício, a grande campeã foi a startup “Tecidos de Sobra”. A equipe desenvolveu um marketplace para empresas de pequeno e médio porte conseguirem comprar os tecidos que sobram das grandes confecções com preços de atacado.

“A moda gera muito resíduo para o mundo e a gente precisa pensar em maneiras de começar a reduzir esse impacto, e essa transferência de estoque inutilizado foi a forma que a gente encontrou para atacar esse problema”, explica o designer e membro do grupo, Heitor Chicre.

O segundo lugar ficou com a AUO. A startup especializada em moda Afro será um elo entre as pessoas que produzem e que consumem este tipo de moda. Além disso, eles pretendem conquistar o Brasil com sua lojinha itinerante, permitindo que os lojistas exponham seus produtos. “Uma dor que a gente viu é que muitos expositores não têm condição financeira de ter sua loja. Então agora eles vão poder suprir essa necessidade de modo online, eles irão se beneficiar com a produção de conteúdo sobre moda afro”, explica o CEO, Carnelutti Spinelli.

A Startup Trama, que trouxe ao evento a questão da sustentabilidade na produção de tecido, conquistou o terceiro lugar e o coração do júri que se divertiu com a performance de uma das idealizadoras, Ana, que agitou a galera ao dançar Spice Girls enquanto a apresentação da sua startup estava com problemas técnicos.

Premiação
Além da troca de experiência incrível com diversos profissionais, tanto da área da moda quanto da tecnologia, a startup “Tecidos de Sobra” vai ganhar um empurrão para se lançar no mercado. Para isso, os jovens empreendedores irão desfrutar durante três meses do coworking do CIV 104, receberão três sessões de mentorias na aceleradora de moda Vytre e garantiram sua vaga no programa de aceleração Ginga.

Confira galeria do evento:

Fotos: Startup Weekend Fashion

Fonte:

Cesta De Compras