Acesse os dados do ecossistema mineiro de inovação

Acessar SIMI Database

InicialBlogNotíciasE o Oscar vai para…a Inovação!

E o Oscar vai para…a Inovação!

Conheças os filmes que inovaram a indústria cinematográfica em 2015


Por Paula Isis/SIMI

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou na manhã desta quinta-feira, 14 de janeiro, os indicados ao Oscar 2016. Após analisar as indicações, o SIMI fez um apanhado dos filmes que trouxeram algum tipo de inovação para a sétima arte.

Confira quais são os filmes indicados ao Oscar que inovaram em 2015.

inovação no filme o regresso

O Regresso
O filme que possui 12 indicações ao Oscar é um dos queridinhos da academia. O diretor Alejandro González Iñárritu inovou ao economizar nos efeitos especiais, rodado apenas com luz natural, dando um tom mais realista a película. 

inovação no filme star wars

Star Wars
O filme que concorre em quatro categorias apresentou inovações que confirmaram o sucesso da série. Para o lançamento, a Disney, nova proprietária da franquia, comercializou antecipadamente ingressos para a estreia e pré-estreia. Além disso, o filme inovou ao consolidar a comunidade da marca como força motriz. O legado de Star Wars é sustentado por uma comunidade de fãs que se auto organiza em eventos, ações e projetos de culto à marca, agora potencializados pelas redes sociais.

a inovação no filme o menino e o mundo

O menino e o mundo
O longa que concorre ao prêmio de melhor animação, inova ao apresentar o personagem principal desenhado apenas com um rabisco simples, em 2D. Na contramão das grandes produções que buscam traços mais realistas, como o cabelo da princesa Elsa, de Frozen, este filme faz o caminho inverso: usa traços que beiram o surreal para falar de um Brasil bastante palpável e contemporâneo.

inovação no filme mad max

Mad Max
O diretor George Miller evitou ao máximo a utilização de efeitos especiais em Mad Max, o que resultou em sequências incríveis e brutais. O filme, que concorre a sete estatuetas, não passa a impressão de que estamos diante de um jogo. Além disso, a série inova ao acelerar as tomadas de ação, contribuindo para a experiência do espectador.

inovação no filme shaun o carneiro

Shaun, o Carneiro
O desenho que utilizou a técnica de stop motion (massinha), é o primeiro longa-metragem do estúdio a chegar aos cinemas sem nenhuma fala. O filme disputa a estatueta de melhor animação.

inovação no filme cinderela

Cinderela
Concorrendo ao Oscar de melhor figurino, Cinderela também fez o caminho inverso no cinema. Enquanto estúdios como a Dreamworks e a Pixar se especializaram em tratar a imagem animada com o máximo de realismo possível, a Disney começa a realizar o movimento contrário: levar o estilo mágico da animação à filmagem com atores.

A Disney apostou na simplicidade para refilmar esse clássico da literatura infantil. Portanto, nada de efeitos especiais ostensivos. O diretor soube dosar muito bem a fantasia teatral com a fantasia computadorizada.

Para o SIMI, todos os filmes já são merecedores do Oscar na categoria Inovação. E pra você? Quem leva a estatueta?

Veja a lista completa dos indicados ao Oscar 2016:

Melhor filme
“A grande aposta”
“Ponte dos espiões”
“Brooklyn”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“O quarto de Jack”
“Spotlight: Segredos revelados”

Melhor ator
Bryan Cranston (“Trumbo”)
Matt Damon (“Perdido em Marte”)
Leonardo DiCaprio (“O regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)

Melhor atriz
Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O quarto de Jack”)
Jennifer Lawrence (“Joy”)
Charlotte Rampling (“45 anos”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)

Melhor diretor
Alejandro G. Iñárritu (“O regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight: Segredos revelados”)
George Miller (“Mad Max: Estrada da fúria”)
Adam McKay (“A grande aposta”)
Lenny Abrahamson (“O quarto de Jack”)

Melhor animação
“Anomalisa”
“O menino e o mundo”
“Divertida mente”
“Shaun, o carneiro”
“Quando estou com Marnie”

Melhor filme estrangeiro
“Embrace of the Serpent” (Colômbia)
“Cinco graças” (França)
“O filho de Saul” (Hungria)
“Theeb” (Jordânia)
“A war” (Dinamarca)

Melhor trilha sonora
“Ponte dos espiões”
“Carol”
“Os 8 odiados”
“Sicario”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor roteiro adaptado
“A grande aposta”
“Brooklyn”
“Carol”
“Perdido em Marte”
“O quarto de Jack” 

Melhor roteiro original
“Ponte dos espiões”
“Ex Machina”
“Divertida mente”
“Spotlight: Segredos revelados”
“Straight Outta Compton”

Melhor design de produção
“Ponte dos espiões”
“A garota dinamarquesa”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”

Melhor fotografia
“Carol”
“Os oito odiados”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”
“Sicario”

Melhor figurino
“Carol”
“Cinderela”
“A garota dinamarquesa”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”

 Melhores efeitos visuais
“Ex Machina”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor montagem
“A grande aposta”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”
“Spotlight: Segredos revelados”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor atriz coadjuvante
Jennifer Jason Leigh (“Os 8 odiados”)
Rooney Mara (“Carol”)
Rachel McAdams (“Spotlight: Segredos revelados”)
Alicia Vikander (“A garota dinamarquesa”)
Kate Winslet (“Steve Jobs”)

Melhor ator coadjuvante
Christian Bale (“A grande aposta”)
Tom Hardy (“O regresso”)
Mark Ruffalo (“Spotlight: Segredos revelados”)
Mark Rylance (“Ponte dos espiões”)
Sylvester Stallone (“Creed”)

Melhor edição de som
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Sicario”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor mixagem de som
“Ponte dos espiões”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor curta de animação
“Bear Story”
“Prologue”
“Sanjay’s Super Team”
“We can’t live without Cosmos”
“World of tomorrow”

Melhor curta de live action
“Ave Maria”
“Day one”
“Everything will be okay (Alles Wird Gut)”
“Shok”
“Stutterer”

Melhor cabelo e maquiagem
“Mad Max”
“The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared”
“O regresso” 

Melhor documentário
“Amy”
“Cartel Land”
“The look of silence”
“What happened, Miss Simone?”
“Winter on fire: Ukraine’s Fight for Freedom”

Melhor documentário de curta-metragem
“Body team 12”
“Chau, beyond the lines”
“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”
“A Girl in the River: The Price of forgiveness”
“Last day of freedom”

Melhor canção original
“Earned it”, The Weeknd (“Cinquenta tons de cinza”)
“Manta Ray”, J. Ralph & Antony (“Racing extinction”)
“Simple song #3”, Sumi Jo e Viktoria Mullova (“Youth”)
“Writing’s on the wall”, Sam Smith (“007 contra Spectre”)
“Til it happens to you”, Lady Gaga (“The hunting ground”)

Fonte: Innoscience e Adoro Cinema

Cesta De Compras