Acesse os dados do ecossistema mineiro de inovação

Acessar SIMI Database

InicialBlogNotíciasQuinta edição do Prêmio Nacion...

Quinta edição do Prêmio Nacional de Inovação recebe inscrições até 15 de janeiro

Novidade nesta edição, empresas podem ser avaliadas em um todo, sem projeto específico


Por Redação

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Nacional de Inovação Edição 2016/2017. Empresas de todos os portes podem submeter projetos, produtos e processos inovadores para concorrer a R$ 900 mil pré-aprovados no Edital SENAI SESI de Inovação e a cursos de educação executiva. A candidatura é feita exclusivamente pelo site www.premiodeinovacao.com.br, até o dia 15 de janeiro de 2017.

A quinta edição traz novidades no regulamento. Os vencedores serão divididos em quatro modalidades: micro e pequenas empresas atendidas pelo Programa Agentes Locais de Inovação (ALI); micro e pequenas empresas; médias empresas; e grandes empresas. A premiação se dará nas categorias gestão da inovação e inovação, sendo que esta se divide em quatro subcategorias: produto, processo, organizacional e marketing.

Diferentemente de edições anteriores, não será necessário inscrever um projeto específico para cada categoria. A empresa pode se inscrever uma única vez e será avaliada como um todo, podendo ser selecionada em mais de uma categoria ou subcategoria. No entanto, é preciso que as inovações desenvolvidas tenham ocorrido, no máximo, nos ultimos dois anos e estejam implantadas no momento da inscrição. O prêmio é voltado para a indústria, exceto no caso das micro e pequenas empresas atendidas pelo ALI, que podem ser também dos setores de comércio ou serviço. Os vencedores serão conhecidos no Congresso Brasileiro de Inovação, em junho de 2017.

Prestígio
O Prêmio Nacional de Inovação foi criado pela Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) e é realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Movimento Brasil Competitivo (MBC), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPii).

Categorias

• GESTÃO DA INOVAÇÃO: reconhece as organizações que criam um ambiente favorável à inovação por meio da implementação de processos, métodos, técnicas e ferramentas de geração da inovação.

• INOVAÇÃO: reconhece as inovações que contribuíram para o aumento de competitividade da empresa. Divide-se em quatro subcategorias: inovação de produto, bens ou serviços; inovação em processos; inovação organizacional e inovação em marketing.

*Com informações de Agência Sebrae de Notícias

Fonte:

Cesta De Compras